ACUSADO DE ASSASSINAR ESPOSA EM SANTO ANTÔNIO DE JESUS DIZ QUE AGIU EM LEGÍTIMA DEFESA.

    Nesta segunda-feira, na 4ª Coorpin de Santo Antônio de Jesus, em entrevista coletiva com as rádios da cidade, Leandro Pinheiro Macedo, 30 anos, acusado de assassinar a  própria esposa Mariene da Cruz de Jesus, 20 anos, no dia 07 deste mês no Parque São João no município, falou sobre a motivação do crime.
   Leandro, conhecido Léo, disse que a esposa já havia tentado também contra sua vida uma vez e, inclusive, tinha marcas de faca na barriga, “ela tentou me matar novamente, pois a flagrei saindo do motel com um homem que se relacionava com minha tia; quando fui falar o que tinha visto, ela pegou a faca e veio pra cima de mim, eu tomei o objeto das mãos dela e acabei acertando-a”, alegou. Questionado se o crime já havia sido premeditado, Leandro nega e diz que estava trabalhando como ajudante de pedreiro em Santo Antônio de Jesus e encontrava constantemente com Mariene. O rapaz diz ainda que não chamou a polícia quando ela tentou contra sua vida, pois já estava de cabeça quente, segundo ele, com depressão e cansado de ouvir as pessoas o chamando de corno, “eu sou um cara trabalhador, nunca tive passagem pela delegacia, nunca roubei, não tenho envolvimentos com drogas, tudo aconteceu em legítima defesa”, declara. Leandro diz ainda que residia em Muniz Ferreira, mas, devido ao trabalho de pedreiro, só estava indo para a cidade nos fins-de-semana, "Mariene vinha sempre se encontrar comigo", descreve.
   O entrevistado expõe estar arrependido do que fez, “mas se ela não tentasse contra mim, eu não teria feito isso”, garante. Leandro afirma que conversou com a família da esposa sobre a traição da mesma, “eles também são errados, pois poderiam aconselhar Mariene”, conta. Interrogado por um dos repórteres se esse mesmo crime que ele cometeu fosse de um indivíduo para com sua irmã, qual a pena que ele ofereceria, o mesmo não soube responder, “uma pergunta difícil, não sei dizer”, concluiu. Leandro vai ficar mantido preso na 4ª Coorpin aguardando o julgamento.
Fonte: Voz da Bahia
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.