POLÊMICA: REPÓRTER DO UFC DETONA TRANSEXUAL QUE QUER LUTAR COM MULHERES.

    O comentarista e repórter dos eventos do Ultimate Fighting Championship (UFC), Joe Rogan, fez declarações bombásticas a respeito da lutadora Fallon Fox em seu podcast na Fox, o "The Joe Rogan Experience". Fallon é transexual e tornou público o seu desejo de competir na UFC com outras mulheres e estava sendo debatida no programa. "Ela se considera uma mulher, mas eu tendo a discordar", disse Joe Rogan, em uma das afirmações mais leves que dirigiu à lutadora, "Não me importa se você não tem mais pênis, você é um homem sem pênis". "Isso é loucura. Eu não sei porque ela acha que vai conseguir fazer isso. Se você quiser ser uma mulher no quarto, se quiser brincar de casa e toda essa merda, tudo bem. Mas você não pode lutar contra garotas, dê o fora daqui", desabafou, "Você precisa lutar contra homens do seu tamanho, porque você é um homem. Você é um homem sem um pênis".
     Rogan também se deteve para listar diferenças físicas pelas quais Fallon não poderia lutar com mulheres: a estrutura óssea e muscular, a força do soco, o tamanho das mãos, dentre outros aspectos. Ele inclusive sugere que a lutadora esteja fazendo algo ilegal para manter a força física, já que Fallon retirou os testículos durante a mudança de sexo, o que cortou a produção de testosterona, mas continua com os membros visivelmente grandes.
O repórter também listou diferenças de gênero para explicar a impossibilidade de se realizar uma luta do tipo. "Você não pode dizer que uma mulher de 63kg e um homem de 63kg são iguais. É como dizer que um poodle de 13kg e um pit bull de 13kg são só cachorros, porque eles não são", disse. Rogan também declarou: "Homens são feitos para destruir coisas. Mulheres são feitas para carregar bebês, trabalhar e qualquer outra coisa que não envolva coisas físicas hiper-explosivas". Rogan também afirma que ela tem "acabado" com mulheres em ligas alternativas que permitem os confrontos, vencendo duas lutas no primeiro round. Nesta terça-feira (19), a estrela da UFC feminina Miesha Tate também declarou que não lutaria contra Fallon Fox por motivos de segurança, segundo o site Examiner.
"Eu não tenho nada contra transgêneros. Você deve viver sua vida como quiser. É uma questão de segurança do lutador. Eu não me sentiria confortável de encarar alguém que é uma mulher, mas que tem o corpo de um homem. Eu só acho que não seria seguro", afirmou a lutadora.
     Durante o podcast, Rogan fez questão de minimizar suas declarações polêmicas afirmando que não é uma pessoa preconceituosa e que apoia a luta das mulheres. "Eu vou te chamar de 'ela', eu vou te chamar de 'madame', eu vou respeitar você", disse, "Mas você não pode lutar contra uma mulher se você tem uma compleição de homem. Ponto final".
 (Correio)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.