#VEMPRARUA: TRABALHADORES FAZEM MANIFESTAÇÃO NACIONAL NESTA QUINTA-FEIRA, 11 DE JULHO.

 
      Os recentes protestos em todo o país têm levado para as ruas uma gama variada de pautas e manifestantes. Convocadas, em sua maioria, por estudantes engajados contra o aumento das tarifas do transporte público, as mobilizações deverão ganhar a adesão, a partir de agora, da classe trabalhadora organizada. É o que prometem centrais sindicais e movimentos sociais que, na próxima quinta-feira, 11 de julho, promoverão um dia de paralisação nacional. As centrais sindicais mobilizam os trabalhadores de todo o Brasil para o Dia Nacional de Lutas, para defender a pauta da classe trabalhadora. Cidades de todo o país, principalmente das regiões metropolitanas e capitais, terão atos, paralisações, atrasos na abertura de agências bancárias e na entrada nas fábricas. Algumas categorias, como rodoviários e metroviários,  farão greve.

Pauta Única das Centrais Sindicais:

•       Redução da Jornada de Trabalho para 40h semanais, sem redução de salários;

•       Contra o PL 4330, sobre Terceirização.

•       Fim do fator previdenciário;

•       10% do PIB para a Educação;

•       10% do Orçamento da União para a Saúde;

•       Transporte público e de qualidade;

•       Valorização das Aposentadorias;

•       Reforma Agrária;

•       Suspensão dos Leilões de Petróleo.

Manifestações nos principais pontos da Bahia:

4h - paralisação dos ônibus (urbanos, intermunicipais, cargas, fretamento e locadoras).
5h - paralisação dos trabalhadores da indústria na BR 324, via parafuso, trevo da resistência, Candeias, Camaçari, Alagoinhas (trabalhadores de diversos ramos).
5h - paralisação de diversas BRs, saída e entrada de Feira de Santana, BRs 324, 101, 242 (MST, Trabalhadores Rurais, Via Campesina, Movimentos sociais).
6h - protesto em frente à rede Bahia, no bairro da Federação. Pela "democratização da informação"
7h - atrasos na entrada do expediente em hospitais públicos e privados. Assembleia com trabalhadores.
7h - debates e atividades com professores da UFBA na faculdade de Arquitetura.
7h - paralisações e mobilizações em diversas cidades: Camaçari, Alagoinhas, Juazeiro, Feira de Santana, Candeias, Ilhéus, Itabuna, Vitória da Conquista, Barreiras e Teixeira de Freitas.
12h - concentração com as outras centrais no Campo Grande, em Salvador
14h - reunião SOBRE MOBILIDADE URBANA E TARIFA ZERO, CUT, juventude, movimentos sociais, MPL, com vereadores no Centro Cultural da Prefeitura de Salvador
15h - Marcha Unificada das centrais - do Campo Grande à Praça Municipal, em Salvador


(CUT)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.