MEC ELIMINA 1.522 CANDIDATOS DO ENEM POR TENTATIVA DE FRAUDE.

Um grupo de 1.522 candidatos foi eliminado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2013 por tentativa de fraude. A informação foi divulgada pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, nesta sexta-feira (20), durante a participação em evento na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), na Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo. Segundo o ministro, as 1.522 pessoas foram excluídas do Enem porque tentaram colar nas provas, desrespeitaram o edital ou são suspeitas de usar ponto eletrônico. Entre os eliminados, 396 são de Minas Gerais, sendo quatro da cidade de Barbacena.

Em Barbacena, a Polícia Civil de Minas Gerais investiga uma quadrilha presa que teria fraudado o Enem, além de ter vendido vagas em cursos de medicina em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Não se sabe, no entanto, se os suspeitos estão entre o grupo de 1.522 pessoas eliminado pelo Ministério da Educação.

De acordo com as investigações da Polícia Civil de Minas Gerais, o suspeito de ser o chefe da organização criminosa teria pagado R$ 10 mil a um fiscal da prova em Barbacena, que vazou os cadernos de cor amarela para um integrante da quadrilha nos dias do exame. As questões teriam sido respondidas e passadas por ponto eletrônico e mensagem de celular a candidatos participantes da fraude. Segundo a polícia, o fiscal ainda não foi identificado. *Globo
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.