ACIDENTE MATA MULHER GRÁVIDA E MARIDO, BEBÊ NASCE COM O IMPACTO E É SALVO.


O casal Vladimir Lopes Oliveira, de 30 anos, e Antônia Dulcimar Batista, de 28, morreu após a motocicleta em que estavam ser atropelada por um caminhão desgovernado na manhã desta terça-feira (4), no Residencial Cidade Verde. Grávida, a mulher morreu na hora. No entanto, a criança nasceu no local do acidente e sobreviveu. Encaminhada ao Hospital Materno Infantil, a menina ainda faz exames, mas a unidade informou que ela passa bem.

Segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), a vítima, que era a passageira da motocicleta, expeliu o bebê com o impacto da colisão. “Ela expeliu sozinha o bebê. Não é normal. Só por Deus que a criança sobreviveu porque estourou todos os órgãos da mulher”, afirmou o operador de frotas do Samu, Allan Rodrigues da Silva.

Diferentemente da versão apresentada pelo Samu, o sargento Idevandir Antônio da Silva do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar informou que um socorrista do Samu ajudou a retirar o bebê da barriga da mulher. Entretanto, o Samu não confirma a informação.

A equipe que socorreu a criança informou que o recém-nascido sofreu uma fratura na clavícula e apresentou um coágulo na cabeça. Conforme o Samu, a vítima aparentava estar no 8º mês de gestação.

Pai da criança, o condutor da motocicleta, chegou a ser socorrido consciente e levado ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). No entanto, ele morreu durante procedimento cirúrgico na unidade de saúde.

O Acidente

De acordo com a Polícia Militar, a motocicleta estava parada na frente de uma carreta no semáforo da Avenida Santa Maria, no Residencial Cidade Verde. Outro caminhão, que segundo o sargento do Batalhão de Trânsito, seguia em alta velocidade, não conseguiu parar a tempo e bateu na traseira carreta que estava frente, que acabou atropelando o casal.

O caminhoneiro que causou o acidente, de 36 anos, fugiu, mas voltou ao local da colisão com um advogado. Segundo o sargento, ele foi orientado a se apresentar na Delegacia Especializada em Investigações de Crimes de Trânsito (Dict).
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.