Cruz das Almas: cinco bebês morrem em maternidade em uma semana.

Foto: Ascom / Prefeitura de Cruz das Almas
Cinco bebês morreram na maternidade do IPER, em Cruz das Almas, no Recôncavo Baiano, no período de uma semana. As mortes dos bebês, denunciam os pais das crianças e familiares das vítimas, teriam ocorrido por falta de equipamentos e materiais hospitalares. De acordo com o vereador Max Passos (PP), quatro recém-nascidos morreram durante o Carnaval, enquanto que o último faleceu na noite desta segunda-feira (23). Em entrevista a uma emissora de rádio local logo após o Carnaval, o prefeito Raimundo Jean Cavalcante Silva (PMDB), em seu terceiro mandato à frente do Executivo, alegou que três crianças teriam chegado mortas ainda na barriga da mãe e a outra nasceu prematura e não resistiu. Questionado se as mães não teriam feito pré-natal para descobrir os problemas, o prefeito não soube responder. O Ministério Público da Bahia (MP-BA) já teria pedido o afastamento da secretária de Saúde do município, Cecília Maria, esposa do prefeito, sob alegação de que a nova secretária não possui nenhuma qualificação para exercer o cargo. (BN)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.