Lanchonete congelava cachorros para fabricar pastéis e salgados.


O Ministério Público (MP), do Rio de Janeiro prendeu o dono de uma lanchonete, após investigar e encontrar irregularidades no estabelecimento localizado na região de Parada de Lucas, na zona norte da capital. De acordo com matéria veiculada pela Rede TV, cinco imigrante ilegais, chineses trabalhavam sob regime de trabalho escravo e os pastéis e salgados seriam preparados com carne de cachorro. Segundo a reportagem, os animais eram abatidos nas ruas do Rio de Janeiro e congelados para posteriormente serem preparados e vendidos nos lanches. Os funcionários eram submetidos a condições degradantes de trabalho em uma jornada de que iniciava das 5 da manhã até às 23 horas. Ainda de acordo com a matéria da Rede Tv, um dos funcionários era submetido a torturas e castigos físicos quando se mostrava cansado. O dono da pastelaria foi preso. A vítima foi incluída no serviço de proteção a testemunha. Por Bocão News.
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.