São Felipe: Ação da OAB contra concurso é extinta sem mérito pelo TJ-BA.


A ação direta de inconstitucionalidade movida pela OAB-BA, para suspender o concurso público para servidores do município de São Felipe, no recôncavo baiano, foi extinta sem julgamento de mérito pelo TJ-BA. A OAB pedia suspensão do certame relativo ao cargo de procurador jurídico do Município e a reabertura das inscrições dos candidatos às vagas.

O argumento era de que o edital 01/2015, que regularizava a realização da prova, feria o artigo 132 do Estatuto da Advocacia, que estabelece que o concurso deverá ter participação da OAB em todas as fases. Também alegou violação do artigo 108 da Lei Orgânica do Município. Durante a instrução do processo, o Município afirmou que a OAB usou via processual inadequada para questionar o processo, pois não é possível mover ação direta de inconstitucionalidade contra edital. 

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) também afirmou que a via era inadequada. A Procuradoria de Justiça se manifestou pela extinção do processo sem julgamento do mérito pela ausência de interesse de agir, e que não cabe ação para questionar a constitucionalidade de edital de concurso. A ação foi relatada pela desembargadora Joanice Guimarães, que acolheu a manifestação ministerial.

O Pleno do TJ-BA seguiu o voto da desembargadora pela extinção do processo sem mérito. O concurso foi realizado em junho de 2015. Mesmo com o andamento da ação, a prefeitura de São Felipe convocou os aprovados no certame em abril de 2016. A prova foi realizada pela Liderança Consultoria. Bahia Notícias
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.