Frigorífico de Amargosa inicia abate de jumentos para exportação.


O frigorífico de Amargosa começou nesta quarta-feira (26) o abate de jumentos na cidade. O Frinordeste gera 150 empregos diretos e 270 indiretos, segundo o governo do estado. A expectativa é de que 300 toneladas de carne por mês sejam produzidas e exportadas para o mercado asiático. "Os 420 empregos gerados são resultado concreto da viagem que fizemos à China em março de 2016. Retornaremos ao país asiático ainda este ano com o objetivo de confirmar investimentos de grande porte, que vão gerar ainda mais empregos e desenvolvimento para o nosso estado", explica o governador Rui Costa. Sócio da empresa, Mairton Souza explica que o frigorífico será dedicado exclusivamente para esse tipo de carne. "Para conhecer o mercado, nós iniciamos o abate, de forma experimental, no frigorífico da Chapada Diamantina (FrigoCezar), em Miguel Calmon. A partir desse teste, nós destinamos um frigorífico apenas para este tipo de abate", diz. Além da carne, a intenção é de que o couro do animal também seja exportado para indústrias de cosméticos e farmecêuticos. O projeto vai desde a compra de jumentos de pequenos produtores rurais para procriação pela empresa, incluindo melhoramento genético a partir de animais que vêm da China. (Correio 24hs)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.