Famílias clamam por água na zona rural de Conceição do Almeida.


No mês de abril o Governo da Bahia havia decretado situação de emergência por estiagem pelo período de 180 dias em 221 municípios, inclusive Conceição do Almeida. Os baixos índices pluviométricos registrados afetaram quase a totalidade do estado, comprometendo a regularidade no fornecimento de água potável e provocando graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária. O estado vive um longo período de estiagem e os moradores sofrem com a falta de água potável.

As propagandas e postagens nas redes sociais oficias da prefeitura de Conceição do Almeida monstra uma cidade totalmente "feliz", diferente da realidade sofrida e vivida pelos moradores da zona rural do município, que clamam por melhorias em diversas áreas como o transportes, estradas e abastecimento de água. Um morador da localidade rural dos Pilões comoveu milhares de pessoas ao postar em sua rede social a situação precária que vive em relação ao abastecimento de água em Conceição do Almeida. No vídeo, o morador relata que está há dias sem água e nem mesmo o carro pipa, que era disponibilizado para amenizar a situação estava chegando na localidade. A declaração ainda mais forte cita o calor e a falta de abastecimento de água, que fizeram com que os animais criados no sítio fossem abatidos para que não morressem de sede. O morador questiona também os gastos elevados com festas de São João promovidos neste ano de 2017, enquanto famílias da zona rural sofrem com a falta de abastecimento de água enfrentando a perda de safra e mortes de seus animais.

Mesmo com os trabalhos de extensão de rede de água, iniciado em 2013 e que já beneficiou 16 localidades rurais com água encanada da Embasa, e em continuidade nesse ano de 2017, nas localidades de Mombaça e Novo Paraíso, os moradores continuam passando dificuldades devido a estiagem. Nos últimos 4 anos foram investidos mais de R$ 1.731.144,14 em obras de extensão de rede de água beneficiando mais 3.560 de moradores da zona rural que não tinham água encanada em suas residências, sendo esta a maior ação de abastecimento de água dos últimos 15 anos, em um curto prazo de tempo em Conceição do Almeida. Na época, foram beneficiadas os moradores de Canabrava, Andaiá, Tabuleiro do Rancho, Viração, Conquista, Estreito, Pastinho, Cabeça do Homem, Comércio de Jaguaripe, São José, Cajazeiras, Ramos da Graça, Comum e agora a Rua Nova da Mombaça e Novo Paraíso além de distribuições de cisternas para armazenamento de água para centenas de famílias.

Os moradores aguardam do poder público municipal ações e investimentos que possam de fato trazer melhorias no abastecimento de água para os moradores dessas localidades que ainda não possuem sistemas de abastecimento. São poucos os açudes existentes, e os poucos que existem estão com o volume de água baixo. Nem mesmo os poços artesianos estão sendo suficientes e na maioria das vezes, os moradores precisam recorrer ao apelo em redes sociais para que o poder público possa sair das propagandas das redes sociais e atender as necessidades básicas da população almeidense. (Fala Recôncavo)




PARTICIPE DO NOSSO MAIS NOVO CANAL DE INFORMAÇÃO!

Participe você  também do nosso mais novo canal de informação. Receba essa e outras notícias de Conceição do Almeida gratuitamente em seu celular. É fácil e rápido! Adicione nosso Whatsapp: (071) 98789-9401 na sua agenda telefônica e nos enviei uma mensagem confirmando que deseja receber nossas notícias direto em seu celular!  

Venha contribuir com o Portal de Notícias que mais cresce no Recôncavo Baiano!!
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.