Cruz das Almas pede mais uma vez Paz.



Na tarde desta quarta-feira (07), a sociedade civil organizada se mobilizou com apoio da Prefeitura Municipal para pedir paz mais uma vez pelas ruas de Cruz das Almas.

A Caminhada da Paz, que já tem um histórico no município, teve seu início na praça Multiuso, onde várias pessoas se aglomeraram com camisetas e cartazes com dizeres clamando a paz em todos os cantos da cidade.

O evento foi organizado após os altos indíces de violência e homicídios, sobretudo, envolvendo os jovens do município. O clamor não é apenas em referência a cidade, mas a mobilização foi também com a intenção de abrangir o geral, todo o Brasil.


O secretário municipal de Políticas Especiais, Pablo Rezende, presente no evento, discorreu sobre o assunto. "Parabenizo toda a equipe que organizou o evento. Esses últimos dias foram dias de tristeza para a nossa cidade pela morte de muitos jovens. E a gente defendendo que chega de extermínio de jovens em nossa cidade. Precisamos da juventude viva para construir uma Cruz das Almas melhor", pontuou.

Já o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, Felipe Viveiros, também disse que não é só em Cruz das Almas a questão da violência e elogiou os organizadores da Caminhada. "Hoje foi mais um grito.  Nós temos que combater essa violência de forma preventiva. É responsabilidade nossa. Não podemos deixar apenas na mão da polícia a responsabilidade de resolver a questão da violência. Dentro de casa temos que ter mais cuidado com nossos filhos, transmitir mais amor, para que a gente possa criar um mundo melhor", falou.

O prefeito Orlandinho que não participou do evento, pois já tinha uma agenda externa, deixou uma mensagem de solidariedade aos familiares das vítimas em Cruz das Almas e que medidas estão sendo tomadas para que essa onda de violência seja abolida.

O empresário, Duda da Cofel, também presente à Caminhada se sentiu feliz em participar e deixou sua mensagem de solidariedade e esperança. "Toda a população cruzalmense está engajada nesse movimento, e vamos pedir a Deus por aqueles que infelizmente se foram, mas as famílias estão aqui precisando de nossas orações", explanou.

Seu Joaquim, pai de uma das vítimas da violência, morador da comunidade da Tiririca, e falou sobre o sentimento no momento. "O sentimento dessa caminhada é pedir paz. Não só pelo meu filho, mas como os outros. Principalmente para a gente da zona rural que se sente muito desamparado. Então estamos aqui pra pedir a paz", finalizou.

O comunicador, Juninho Rodrigues, um dos organizadores do evento, também falou sobre a sua importância. "Um momento muito importante. Cruz das Almas pede paz, não só Cruz das Almas, mas todo o Recôncavo. Nós queremos dizer assim...Queremos paz, temos que viver em paz!", enfatizou.

O vereador, Thiago Chagas, revelou que a caminhada é um símbolo para as pessoas. "A violência não acontece distante da gente. Nós somos todos um só. Pode ser em bairro tal, no Rio de Janeiro, mas os aspectos nos trazem prejuízos. Essa caminhada são para pessoas que cultivam essa maldade no coração, para dizer que nós queremos paz", garantiu.

O ex-prefeito, Ednaldo Ribeiro, também esteve presente à Caminhada e pediu paz para os cruzalmenses. "O amor ao próximo é que é importante para a nossa cidade. Quero paz para a nossa cidade e paz para nossa população", disse.

A organizadora da Caminhada, Kátia Lima, falou sobre os percalços de promover o evento, mas garantiu que supriu as expectativas. "Tiveram obstáculos, pouco apoio, de pessoas que poderiam ajudar. A equipe de organização foi composta por nove pessoas. Depois do fatídico dia que o rapaz teve sua vida levada n a zona rural surgiu a ideia de promovermos a Caminhada", revelou.

A Caminhada teve seu desfecho na Praça Senador Themístocles, em frente à Igreja Matriz, com o pessoal de branco, em côro pedindo paz .
Equipe de Organização da Caminhada da Paz
Kátia Lima
Daniele Sacramento
Magno Nascimento
Nilton do Vilarejo
Reporter Tatu
Juninho Rodrigues
Diego Araújo
Ricardo Oliveira
Andy

Com informações:Roger Cerqueira 

Matéria: Welbert Paz(Jornalista) Foto:Cristiano Peixoto(Repórter Tatu)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.