Feirantes de Conceição do Almeida reclamam do abandono e falta de estrutura da Feira Livre.

Foto reprodução whatsapp

A situação de abandono em que se encontra a Feira Livre de Conceição do Almeida vem chamando a atenção dos moradores e gerando prejuízos aos feirantes que precisam comercializar seus produtos. É o fiel retrato da atual gestão municipal que mal investe nos agricultores locais e no fortalecimento do comércio. A falta de infraestrutura e de incentivos estão fazendo com que a feira diminua a cada dia trazendo preocupação aos feirantes.

A grande queda no movimento fizeram com que vários comerciantes e pequenos produtores migrassem para cidades vizinhas afim de comercializar seus produtos. "Aqui está pela misericórdia que nem os políticos que vinham aqui prometer mundos e fundos aparecem mais. A cada dia nossa feira vem diminuindo e apenas nossos clientes fiéis vêm para comprar e é isso que ainda nos da força para vim trabalhar, vender nossos produtos e garantir nosso ganha pão", disse um feirante que demonstrou estar triste com a situação em que se encontra o local de trabalho. Os comerciantes reclamaram também da falta de atenção do poder publico municipal, das promessas, falta de incentivos e de contratos milionários destinados para limpeza e lavagem do mercado, que em sua totalidade daria para reformar o Mercado Municipal. De acordo com Diário Oficial, a Prefeitura de Conceição do Almeida contratou a empresa Viverde Serviços Ambientais LTDA, para realização de serviços de limpeza urbana no valor global de R$ 2.197.678,90 (dois milhões, cento e noventa e sete mil, seiscentos e setenta e oito reais e noventa centavos) e em um dos itens, que chamou a atenção dos feirantes e da população, está o serviço de Limpeza e lavagem da Feira Livre, que chegam ao valor de R$ 279.699,36 (Duzentos e setenta e nove mil, seiscentos e noventa e nove reais e trinta e seis centavos) como mostra as especificações do contrato:

A falta de estrutura, organização, planejamento e a falta de aplicação correta de verba pública em serviços essenciais, estão fazendo com que os feirantes e produtores rurais  de Conceição do Almeida escolham cidades vizinhas como Santo Antônio de Jesus, São Felipe, Sapeaçu e Castro Alves para poder ter maior renda comercializando seus produtos e garantindo o sustento da família. "Se não sairmos para vender nossos produtos em dias de semana nas cidades vizinhas não teremos renda e perderemos todo nosso trabalho. Trabalhamos duro na plantação, cultivo e colheita, para que os nossos produtos cheguem a mesa da dona de casa. Mas trazer para feira e não ser vendido acaba perdendo e ficamos no prejuízo. Precisamos de maior atenção, precisamos de ajuda e não de festas", desabafou. (Fala Recôncavo)

Foto reprodução whatsapp

Foto reprodução whatsapp

Foto reprodução whatsapp
PARTICIPE DO NOSSO NOVO CANAL DE INFORMAÇÃO.

Receba essa e outras notícias de Conceição do Almeida gratuitamente em seu celular. É fácil e rápido! Adicione nosso Whatsapp: (071) 98789-9401 na sua agenda telefônica e nos enviei uma mensagem confirmando que deseja receber nossas notícias direto em seu celular! Já somos 5 mil participantes no whatsapp. Junte-se a nós! 



Venha contribuir com o Portal de Notícias que mais cresce no Recôncavo Baiano!!
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.