Professores da Uneb prometem semana de protestos nas 24 unidades do estado.


Docentes protestam contra falta de infraestrutura, por passagem docente e maior orçamento. Paralisação será de 06 a 11 de agosto e atrasará o começo do segundo semestre letivo na maioria das 24 unidades. Um dos pontos criticados pelos professores é a ameaça do corte das passagens intermunicipais. Segundo o coordenador geral da Aduneb, Milton Pinheiro, a categoria cobra a alteração do Decreto de Lei 6.192/97 que limita a compra de passagens, por parte da reitoria da universidade, a apenas 72 km do local de moradia do professor. A entidade também cobra o aumento de verbas. Baseados em comunidade da reitoria de maio, os docentes dizem que os recursos para custeio ficaram 47,88% a menos do previsto. Na previsão orçamentária geral, foram transferidos apenas 8,35%.  O problema ainda foi agravado com o novo contingenciamento de julho, que deixou de repassar no mês à universidade mais 15,59% do valor de concessão orçamentária. A Aduneb também aponta que cálculos do Dieese mostram que para retomar o patamar do início de 2015, será necessária uma recomposição salarial de 21,1%. (BN)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.