Novo golpe do WhatsApp envolve saque do FGTS.


Um novo golpe do WhatsApp mira os trabalhadores interessados no saque imediato de R$ 500 do FGTS, que começa a ser liberado na próxima sexta-feira, dia 13 (para poupadores da Caixa nascidos de janeiro a abril). 

Segundo o dfndr lab — laboratório especializado em segurança digital —, o golpe já atingiu mais de 130 mil pessoas em apenas dois dias. As falsas mensagens sobre Fundo de Garantia também vêm sendo disseminadas por e-mail e SMS (torpedo). Quem receber um conteúdo como esse deve eliminá-lo imediatamente. Ao clicar no link da falsa mensagem, o usuário é incentivado a responder a uma breve pesquisa, com perguntas como: "Deseja sacar todo seu FGTS ou parcial?" ou "Você sacou algum valor do FGTS nos últimos 3 meses". Seja qual foi a resposta, o internauta é incentivado a compartilhar o texto com dez amigos para conseguir a liberação do dinheiro.


Para ter mais credibilidade, a mensagem traz até comentários de supostos trabalhadores com objetivo de induzir o usuário a conceder permissão para receber futuras notificações no celular, com outros golpes, abrindo um canal de comunicação direta com os cibercriminosos. Um outro texto enviado por golpistas simula um comunicado da Caixa Econômica Federal e diz que o banco identificou a existência de duas contas em nome do destinatário e que, por isso, o sistema teria unificado os saldos.

A mensagem sugere que o internauta clique no ícone "Extrato FGTS atualizado" para verificar o saldo total disponível após a unificação das contas. Afirma ainda que, em seguida, o usuário verá orientações sobre como proceder para o saque, incluindo uma "chave de autenticação necessária para liberação" do dinheiro.
Em geral, ao acessar esses links indicados nas mensagens, as pessoas são direcionadas a uma nova página. Esse golpe é conhecido como phishing. Por meio dele, os usuários são levados a fornecer dados pessoais e senhas. Também são estimulados a compartilhar o conteúdo com amigos.

Um outro golpe disseminado pelo WhatApp chama a atenção para uma suposta liberação de R$ 1.760 do FGTS, induzindo o destinatário a compartilhar a mensagem com cinco amigos. Esse conteúdo não deve ser repassado. (Ibahia)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.