O que se sabe até o momento sobre a 4ª parcela do Auxílio Emergencial.


Na última quinta-feira (21), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, confirmou que a prorrogação do auxílio emergencial está sendo analisada, porém a estrutura de gastos ainda será analisada.

O estudo prevê que o recebimento do auxílio seja estendido por um ou dois meses, porém com valor reduzido de R$600,00 para R$200,00, e os saques devem ser realizados até agosto.

A princípio o presidente e o ministro da economia Paulo Guedes se manifestaram favoráveis ao pedido de prorrogação, contudo o secretário especial da fazenda, Waldery Rodrigues, entende haver uma grande problemática para a manter o auxílio, sendo que se este for mantido deveria seguir a baliza do Bolsa Família. Destra forma, houve um progresso no sentido de que deverá sim haver a prorrogação do pagamento do auxílio emergencial, porém ainda nada está concreto em relação ao período, valores e como esse valor seria pago.

A grande dúvida da parcela da população que já recebe o auxílio é se ele seria prorrogado, dessa forma, sabe-se que deverá ser estendido por pelo menos mais dois meses, porém, quanto ao mais, é preciso aguardar as novas informações.

Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.