Mata de São João: Vereadores cobram apuração da PF e MPF em denúncia de fraude em contrato de cerca de R$ 10 milhões.

Foto reprodução

A denúncia de fraude em um contrato de cerca de R$ 10 milhões da Prefeitura de Mata de São João dominou a sessão da Câmara de Vereadores, que retomou as atividades na noite desta terça-feira (4). Vereadores de oposição voltaram a cobrar apuração do caso pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF).

O caso gira em torno da suspeita de corrupção e favorecimento em um contrato firmado em 2007 pela Prefeitura de Mata de São João e a empresa Enset Construções Ltda. O prefeito na época era o empresário João Gualberto.

O primeiro a cobrar apuração foi o vereador Élcio Ramayana (PR). Segundo ele, o esquema trouxe prejuízo para o Município. Ele revelou que a empresa vencedora da licitação foi criada por um funcionário do ex-prefeito, identificado por Francisco Elias Silva Ribeiro.

POLÍCIA FEDERAL

O vereador Sérgio Bogoió (PSD) também cobrou apuração do caso, além de apontar Francisco Elias Silva Ribeiro como principal favorecido no contrato. A mesma cobrança fez o vereador Beto do Amado Bahia (DEM), que ressaltou a necessidade de encaminhar a denúncia para apuração da Polícia Federal e Ministério Público Federal.

Os vereadores da base do Governo defenderam o ex-prefeito João Gualberto. Tanto Alexandre Rossi (PTB) quanto Jair Bispo (PTB), tentaram baixar a temperatura dos discursos. “Tudo foi feito na época com o máximo de lisura. Não entendo porque somente agora, passados quase 15 anos, retornam com este caso”, defendeu Alexandre Rossi.

Durante a sessão, os vereadores apresentaram uma farta documentação, uma espécie de dossiê sobre o caso. Eles suspeitam de ligação entre os empresários da Enset Construções Ltda e o Governo Municipal de Mata de São João.

O site Olá Bahia não conseguiu falar com o empresário e ex-prefeito, João Gualberto. (Olá Bahia)
Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.