Com reajuste da bandeira vermelha, conta de luz ficará 15% mais cara em setembro.

 

Foto reprodução

A conta de luz vai ficar ainda mais cara em setembro, com a adoção da bandeira 2 vermelha – a mais cara na conta de luz -, o repasse integral do custa de energia deverá elevar a conta em 15%. A estimativa foi feita por representantes de distribuidoras, associações de consumidores e analista de mercado. 

Com a crise hidríca, as hidrelétricas perderam o espaço e o governo precisou acionar as térmicas, fonte mais cara, com o custo todo repassado para o consumidor, o que irá elevar a conta de luz. De acordo com informações da Folha de S.Paulo, o impacto é causado pela bandeira tarifária, que acarreta um aumento de até 15,2% no MWh (mega-watt-hora).

A tarifa média hoje sem impostos nem bandeira é de R$ 532 por MWh. Com a bandeira vermelha 2 a R$ 94,92, o valor passa para R$ 627. Com a bandeira a R$ 190, a tarida final saltará para R$ 722. A projeção foi feita pelo diretor de regulação da TR Soluções, Hélder Sousa. A bandeira é um sistema que reflete o aumento de custo variável da energia sempre que há fenômenos adversos. O repasse integral dos custos para o sistena de bandeiras é defendida pela Aneel desde o final de junho.

Fonte:  A Tarde 

Compartilhar no Google Plus

Por: Fala Recôncavo!

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário

O PORTAL FALA RECÔNCAVO NÃO SE RESPONSABILIZA POR OPINIÕES EMITIDAS POR TERCEIROS NESTE ESPAÇO, MAS INFORMA QUE COMENTÁRIOS OFENSIVOS QUE EXPONHA PESSOAS,ENTIDADES OU EMPRESAS SERÃO EXCLUÍDOS

* OS COMENTÁRIOS NÃO REFLETEM A OPINIÃO DESTE BLOG,OS MESMOS DEVERÃO SER IDENTIFICADOS PARA SEREM ACEITOS, SEJA QUAL FOR O SEU TEOR.